terça-feira, 27 de maio de 2014

Burrice universal

Burrice universal: voltar com o ex, seja você gay ou hétero; se nunca voltou, voltará e se já voltou: sabe que não compensa. 



"Pode ser que eu fosse tudo que você sempre sonhou e que esse jeito de você me amar fosse afinal o jeito certo. Só sei que pra mim não era suficiente. Que sempre fez falta o perfume que você não tinha, a voz que você não falava (...)" (Autor: Antonio de Castro, do Blog Lost Cause)

domingo, 18 de maio de 2014

Being Boring


"It's almost impossible not to become the same thing we criticize so much" (Author Unknown)

A maioria das boas histórias começam com uma situação problema ou um acontecimento que muda todo o resto. Essa não. Talvez nem tenha história pra contar e isso seja só uma necessidade de jogar com palavras para assim sentir-me vivo. 

Essa semana fui para a aula e enquanto a professora falava fiquei sentado, vendo-a sem ouvi-la, lembrando de quanto sentia o coração bater forte e as bochechas formigarem. Era madrugada e estava frio, mas nem sentia. Tudo eram cores, flashes e intensidade.  

O vento batia-me no rosto, puxava meus cabelos para trás e eu não ouvia os barulhos da cidade, mas era tão bom. Reconfortante. Como se toda aquela imensidão de escuro e concreto soubessem exatamente como o que eu sentia era pleno e ao mesmo tempo amplo porque não cabia palavras. 

Hoje fiquei sentado no escuro ouvindo uma chuva de granizo cair, só por ouvir e não senti absolutamente nada. Talvez eu precise urgentemente de uma viagem, novos ares... Ou só um porre.


domingo, 11 de maio de 2014

Taurus



Há mudanças que acontecem rápido, pegam a gente de guarda baixa e da-lhe lágrimas para superar. Há mudanças que chegam aos poucos, como o outono. Você não sente vir de uma vez, mas quando percebe está com duas blusas, meias e calça moletom num domingo qualquer. 
É que nunca me dei bem com mudanças abruptas ou calor.  Toda agitação e obrigação de ser feliz que ele trás, nunca ornaram muito comigo. Vai ver tem algo a ver com eu ser filho de Afrodite e que nasci enquanto as folhas caiam aqui do lado norte da Terra. 
Ser taurino tem dessas a gente sente as coisas chegando, pensa muito e fala só o necessário. Essa semana, no sábado, completarei 24 anos, não vividos como eu esperava, mas quem liga, a vida também não é como eu esperava e mesmo assim tem sido muito boa. E quanto às mudanças? Nunca as esperei de peito tão aberto!

And maybe, just maybe, it's how we lose ourselves.